TORNE-SE MEMBRO E APÓIE ESTE BLOG VOCÊ TAMBÉM !!

27 março 2010

MINHA NESCESSIDADE DE ATENDER MINHAS VONTADES TORNAVA-ME CADA VEZ MAIS MANIPULADOR E INCONCEQUENTE.

NO INÍCIO DA DÉCADA DE 90, FOI O ALGE DOS JOGOS DE FLIPERAMA. AS LOJAS ESPECIALIZADAS VIVIAM LOTADAS DE JOVENS EM BUSCA DE EMOÇÃO E
DIVERSÃO. NESSA ÉPOCA MEUS PAIS TINHAM UM RESTAURANTE E DUAS CANTINAS INSTALADAS EM PRÉDIOS PÚBLICOS ONDE EU TRABALHAVA DE
SEGUNDA À SEXTA TOMANDO CONTA DE UMA DAS
CANTINAS. QUANDO NÃO ESTAVA TRABALHANDO IA JOGAR FLIPERAMA QUASE TODOS OS DIAS, FOI EM UM DESSES DIAS QUE AO OUVIR UM DOS JOVENS CHAMAR UM DOS MEUS COLEGAS DE “VICIADO”, ESSE ERA O TERMO USADO PARA QUEM DOMINAVA O JOGO E SEMPRE VENCIA OS DESAFIANTES. VI AQUILO COMO UMA ESPÉCIE DE DESAFIO, QUERIA  SER O MELHOR, EU QUERIA O RÓTULO DE “VICIADO”. UM JOVEM NORMAL, TALVEZ TREINARIA PARA MELHORAR E CERTAMENTE SE DIVERTIRIA COM ISSO SEM DEIXAR QUE ISSO FOSSE UMA PRIORIDADE EM SEU DIA-A-DIA. JÁ EU, QUE ERA ADICTO DE MINHA COMPULSIVIDADE, PASSEI A JOGAR E JOGAR CADA VEZ MAIS. NOS FINAIS DE SEMANA FICAR NO FLIPERAMA ATÉ FECHAR A LOJA, MESMO QUANDO JÁ NÃO TINHA DINHEIRO, EU ESTAVA LÁ. QUANDO DEI POR MIM, JÁ TINHA O STATUS DE “VICIADO”. MAS PARA MANTER PASSEI A JOGAR MAIS AINDA. SAIA DA CANTINA E IA DIRETO PARA O FLIPERAMA, NEM NA ESCOLA APARECIA MAIS.
MEUS PAIS TENTARAM ME CORRIGIR COM  ADVERTÊNCIAS, BRONCAS E ATÉ MESMO INDO LÁ ME TIRAR DAS MÁQUINAS CAUSANDO CONSTRANGIMENTO. ISSO ATÉ QUE FUNCIONARIA COM UM ADOLESCENTE NORMAL, SÓ QUE ESSE INFELIZMENTE NÃO ERA MEU CASO. PARA DESPISTAR MEUS PAIS PASSEI A JOGAR EM OUTRAS LOJAS E AO FAZER ISSO TIVE A NECESSIDADE DE FIRMAR PERANTE OS JOGADORES DALI, PRECISAVA CONTINUAR SENDO CONSIDERADO UM “VICIADO” (ÓTIMO JOGADOR).  PASSEI A JOGAR EM QUATRO LOJAS DIFERENTES, O CUSTO PARA ATENDER MINHA COMPULSIVIDADE AUMENTOU, O DINHEIRO QUE DIARIAMENTE ERA ME DADO PELOS MEUS PAIS JÁ NÃO ERA SUFICIENTE E EU PRECISARIA DE MAIS. SEM REFLETIR MUITO, JÁ TINHA A SOLUÇÃO, AFINAL DE CONTAS EU ERA UM ADICTO DA MINHA VONTADE, NÃO TINHA CONTROLE NEM PUDOR, QUANDO SE TRATAVA DE ATENDER MEUS DESEJOS.
NO INÍCIO RESOLVI TIRAR DINHEIRO DO CAIXA DA CANTINA, EM SEGUIDA SEMPRE QUE TIVE OPORTUNIDADE FECHAVA MAIS CEDO PARA IR JOGAR.
ME DEDICAVA UNICAMENTE A JOGAR FLIPERAMA, LOJA APÓS LOJA. GASTAVA O QUE FOSSE, PARA NÃO SAIR DE UMA DELAS SEM VENCER, CHEGAVA AO PONTO DE FICAR SEM DINHEIRO ATÉ PARA O TRANSPORTE E AINDA POR VÁRIAS VEZES PEDIA MAIS FICHAS FIADO PARA CONTINUAR JOGANDO.
COMO TUDO QUE É MODA, UM DIA PASSA E AS LOJAS FORAM FICANDO CADA VEZ MAIS VAZIAS E ALGUMAS ATÉ FECHARAM. CONFESSO QUE TAMBÉM TIVE VONTADE DE PARAR, FAZER OUTRAS COISAS, NAMORAR OU PRATICAR ESPORTES COMO OS DEMAIS COLEGAS. MAS EU NÃO CONSEGUIA, PRECISAVA ESTAR ALI, LEMBRO QUE QUANDO FECHAVA OS OLHOS VIA A IMAGEM DO JOGO. JÁ NÃO TINHA MAIS COM QUEM JOGAR, NINGUÉM MAIS DESAFIAVA MINHAS HABILIDADES NO GAME, NÃO ME EMPOLGAVA MAIS FICAR ALI, E MESMO ASSIM NO DIA SEGUINTE EU ROUBAVA O CAIXA DA CANTINA, FECHAVA MAIS CEDO, JOGAVA ATÉ FICAR SEM DINHEIRO E VOLTAVA PARA CASA À PÉ.
MUITAS VEZES FICAVA PARADO, APENAS OLHANDO PARA AS MÁQUINAS, ESPERANDO QUE ALGUMA COISA ACONTECESSE PARA DAR NOVAMENTE SENTIDO À MINHA ESTADA LÁ. AGORA SEI QUE A ÚNICA COISA QUE ME IMPEDIA DE PARAR DE FREQUENTAR AQUELAS LOJAS ERA MINHA ADICÇÃO, POIS ADICÇÃO SIGNIFICA: ESCRAVO, E EU ERA ISSO...
...UM ESCRAVO DE MINHA COMPULSIVIDADE.
HOJE QUANDO PASSO EM UM CYBER CAFÉ E VEJO UM ADOLESCENTE PEDINDO PARA JOGAR MAIS UMA HORA "FIADO", QUE DEPOIS ACERTA TUDO, É INEVITÁVEL NÃO IMAGINAR QUE; “SE ELE TIVER AJUDA AGORA, TALVEZ ELE NÃO PASSE PELO O QUE EU PASSEI”. QUANDO ABORDEI UM JOVEM NESSAS CONDIÇÕES PARA TENTAR ACONSELHAR E EXPLICAR O QUANTO AQUILO PODERIA SER PREJUDICIAL PARA O FUTURO DELE, NÃO TIVE ATENÇÃO ALGUMA. NÃO CULPO ELE, POIS SE ESTIVESSE NO LUGAR DELE COMO ESTIVE, JAMAIS DARIA OUVIDOS A UM ESTRANHO QUE TENTA ME TIRAR DA ÚNICA COISA QUE É IMPORTANTE “ATENDER MINHA COMPULSIVIDADE”.
ESSE ALERTA DEVE SER DADO POR PESSOAS EM QUE ELE CONFIA, E PODE SE ABRIR VERDADEIRAMENTE, MOSTRANDO SEU VERDADEIRO EU.
NO PRÓXIMO ARTIGO ESCREVEREI SOBRE "DESPEDIDA DAS DROGAS".
ABRAÇO! FIQUEM COM DEUS!!

Nenhum comentário: