TORNE-SE MEMBRO E APÓIE ESTE BLOG VOCÊ TAMBÉM !!

19 dezembro 2012

Como Identificar um Dependente - de "DROGAS TÔ FORA !!!"

EU RECOMENDO ESTE SITE  "DROGAS TÔ FORA !!!"

Capítulo 03

Este capítulo tem como objetivo levar o familiar a identificar um dependente e ajudá-lo a recuperar-se. Cabe notar, que os pontos aqui abordados muitas vezes também estão ligados a outros distúrbios de comportamento, portanto para agir tenha certeza do fato.

Companhia de Pessoas que Usam Drogas

É comum o ser humano formar grupos em torno daqueles na qual tem afinidade.Freqüentar lugares aonde drogas são usadas. Amizade com usuários de drogas, é um forte indicio de uso de drogas ou dependência, ainda mais se esta amizade está relacionada ao convívio diário, um amigo (a) que usa drogas, um namorado (a), merecem observação. Se a pessoa não usa drogas, não deve
andar com quem usa. Diga-me com quem andas, que te direi quem és.

Mudança de Personalidade, Mau Humor, Brigas com Familiares, Hostilidade com Todos

Ao entrar nas drogas, a pessoa tem inserido em sua vida muitas mudanças. A crise de abstinência (falta da droga) gera ansiedade, depressão, falta de humor. Com isto, é freqüente as brigas com familiares, principalmente quando alguma coisa lhe é negado (dinheiro). A maconha gera falta de vontade, a cocaína gera agitação e hostilidade. Pode haver uma grande busca por dinheiro sem causa aparente, normalmente dinheiro para comprar drogas.

Olhos Vermelhos, uso de Colírios, Olhos Brilhantes

No capítulo das drogas já vimos que olhos vermelhos mostram uso de maconha ou álcool, coisa que um bom colírio resolve.
Olhos arregalados, brilhantes e com pupilas dilatadas (midríase), uso de cocaína. O dependente sob o efeito da droga, não olha dentro dos olhos dos familiares temendo ser descoberto.

Queda no Rendimento Escolar ou Abandono na Escola

Principalmente a maconha exerce forte influência na vontade do indivíduo, levando a inatividade. Se a dependência está instalada, o ato de matar aula e não estudar tem seu lugar.
As más companhias têm forte influência neste tipo de comportamento. O desinteresse de outras atividades também é geral.
Ex: esporte, trabalho, etc.

Alterações do Apetite

A maconha aumenta o apetite desesperadamente quando sob seu efeito (ganho de peso). A cocaína e o Crack tiram o apetite e a fome (perda de peso).

Muito Tempo Fora de Casa, Solidão

O dependente vive para se drogar e se droga para viver, portanto, quase todo tempo fora de casa poderá estar usando drogas. Quando está em casa permanece trancado no quarto, muitas vezes se drogando. Esta é uma característica muito forte da dependência.


Novo Grupo de Amigos – Chamadas Telefônicas Desconhecidas

Este novo grupo de amigos deve ser observado. São usuários de drogas?
Você não sabe nada sobre eles e nem é possível chegar a eles? Observe!
Chamadas telefônicas desconhecidas – são aquelas que não se dão a conhecer mesmo quando são interrogadas.
Muitas vezes a ligação é desligada quando quem atende não é a pessoa certa. Este é um ponto a ser somado.

Falar ou Rir em Excesso, Mentir, Objetivos de Valor Sumindo de Casa

Sob o uso de drogas o usuário pode ter a atitude de rir ou falar em excesso, o que contrasta em muito com o resto do comportamento.
Mentir é a forma de ocultar os locais que freqüenta, as pessoas que andam ou o que estava fazendo.
Objetos de valor sumindo em casa, geralmente são para trocar por drogas. Dinheiro sumindo em casa é fato na casa que tem um usuário de drogas.
Se o usuário trabalha, o seu dinheiro não dá.
Se não trabalha e tem bens, o dinheiro pode indicar algo ilícito.

VISITE O SITE  "DROGAS TÔ FORA !!!"

17 setembro 2012

CONHEÇA A ORAÇÃO DA SERENIDADE


“Senhor, conceda-me serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar aquelas que posso e sabedoria para distinguir umas das outras”.
Em 1992, eu passei aproximadamente setenta e duas horas fazendo essa oração o tempo todo, mexendo os lábios, repetidamente, espasmodicamente. Foi a única forma que encontrei de não enlouquecer, fui meio que salvo por ela, eu estive andando no fio da navalha. Beto, vinte e tres anos.  meu filho caçula do primeiro casamento, sofrera um acidente e ficou em coma durante esse tempo num hospital da zona sul de São Paulo, até morrer na tarde do quarto dia.
         Essa oração me acompanha diariamente nos últimos vinte e sete anos de minha vida. Ela me foi apresentada por um amigo logo que cheguei de mudança para São Paulo, vindo de minha última internação por alcoolismo, que me disse o seguinte: Zé, para não voltar a beber você tem que deixar de ser o ZéRoberto que tinha que beber para viver; e essa oração é a chave das mudanças interiores que precisam acontecer  em você.
         Eu achei a oração uma beleza, fiquei mesmo, de cara, muito impressionado com ela e a fazia  com o coração. Só que não entendi nada, não fazia a mais remota idéia de quais eram as coisas que podia e quais as que não podia modificar. Não via nenhum problema em mim, na via nenhum defeito, minha única dificuldade era a bebida e drogas, era sincero nessa cegueira. Ouvia frases como “o problema não está na garrafa, está em você”, ou “o problema não é parar de beber, o problema é como não voltar a beber” e nada compreendia. Sempre fiz pose de um cara culto, um literato falido, tinha muita leitura, nas madrugadas meus discursos tinham mais sabedoria que Sócrates e Aristóteles juntos. Isso tudo, porém, de nada me adiantou, na hora de olhar para dentro de mim eu estava cego. Na frente de meu coração tinha um muro de concreto.
         Passaram-se meses, até que primeiro clarão, a primeira brecha no concreto aconteceu dentro de uma igreja, por incrível que pareça, logo eu. Nos últimos anos de minha primeira vida, quando a situação já estava bem preta, às vezes entrava em igrejas ou templos que estivessem abertos, de preferência vazios. Gostava da penumbra, do silêncio, parecia que se acalmavam um pouco meus barulhos, meus tumultos emocionais, ficava lá sentado, quieto, cabeça baixa, respirando aquela paz. Pois nesse dia, com dois meses sem beber nem usar, estava andando sem rumo pelas ruas de São Paulo, arrasado com a derrota do Brasil na Copa de 1982, quando lembrei-me daquele hábito e entrei na primeira igreja que achei aberta. Dei azar, estava tendo uma missa, acho, com bastante gente, fiquei com vergonha de sair. Fui ficando, meio atrapalhado, até a hora dos cumprimentos entre as pessoas. Assustado, meio que me escondi atrás de uma coluna. Foi nesse momento que me bateu o clarão. E eu pensei ou ouvi algo, sei lá: “Zé, você tem que aceitar que não pode beber”. À primeira vista, isso pode parecer uma grande tolice, mas na hora não foi, na hora isso soou para mim como um grande consolo, trouxe um grande alívio. Hoje até entendo o que aconteceu. Veja bem, depois de tudo o que tinha passado, é claro que sabia, no meu intelecto, no meu cérebro, que não podia mais beber. O meu coração, porém, ainda não sabia, ainda não tinha sentido isso. E, meu amigo, enquanto o coração não sente, nada de importante acontece em sua vida. Naquele exato momento, atrás da coluna, o meu coração foi atingido pela notícia. Aí, sim, foi que as coisas começaram a acontecer, e as gastas engrenagens de minha vida começaram novamente a girar.
         A segunda coisa, na verdade foram duas, e aconteceram bem depois. Meu coração encaixou, primeiro, que eu só podiamodificar a mim mesmo e, segundo, que eu tinha que aceitar as outras pessoas exatamente como elas eram. Todas, e amá-las, ainda por cima, incondicionalmente. Inclusive aquela de quem você está se lembrando agora e fazendo uma careta. Isso, para mim, aliás, foi uma grande surpresa. A minha vida inteirinhazinha eu tentei modificar os outros. Sempre soube, em detalhes, quais eram os defeitos das pessoas que me cercavam e tudo que elas tinham que fazer para corrigi-los. Quando me disseram que eu tinha que fazer isso somente comigo, fiquei estupefato. Sempre achei que, para eu ser feliz,  todas as outras pessoas do mundo teriam que fazer um curso e ser permanente e exaustivamente orientadas sobre a melhor forma de agir comigo, meus gostos, preferências, minhas manias e tudo, para eu ser feliz. No mínimo todas as pessoas da minha cidade.
         Com essa oração, aprendi que eu e a maioria das pessoas sofrem e se preocupam mais com as coisas que não podem modificar, que teriam que aceitar, simplesmente. O próximo, por exemplo. Vivo querendo dar lição nas pessoas. Ontem, numa avenida daqui, uma motorista andando devagarinho na pista da esquerda, não me deu passagem de jeito nenhum, parecia pregada ali no chão, eu a ultrapassei pela direita, furioso, olhando feio, quase atropelei um cachorro e ainda passei reto na rua que ia virar. Com relação à minha mulher, outro exemplo. Não tenho nenhuma ação sobre as atitudes dela, e de nenhuma outra pessoa, para ser bem exato, mas sofro bastante por isso.  E vivo tentando interferir no jeitão dela. Toda vez que faço isso, ou aponto o dedo, querendo mostrar algum erro e, de leve, aproveitando para puni-la, ela começa a cantar músicas de louvor a Deus. Antigamente, quando não tínhamos uma igreja, ela assoviava. Hoje, canta. Acabo de falar e ela “Deus, somente Deus...”.  
         Na verdade, no duro no duro, só tem duas coisas que são a razão de eu e você vivermos esta vida: amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a mim mesmo. Com serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, com coragem para modificar aquelas que eu posso e com sabedoria para distinguir umas das outras.
 Tenho essa oração num banner de um metro de altura, letras brancas em fundo azul, pregado na parede de meu escritório aqui no fundo de casa, presente de um casal de amigos. Tenho desde 1995, nessa época nem sabia direito para quem orava. Toda manhã entro no escritório e praticamente trombo com o banner e essas palavras são sempre as primeiras que falo para Deus, em minhas orações. Serenidade, coragem, sabedoria. Só por hoje.

24 junho 2012

LEIAM OS COMENTÁRIOS!!!!!


MATÉRIA DO JORNAL PAGINA 3 EXPRESSO.

Dono da comunidade Reviver acusado de agredir esposa e interno
Uma confusão na Comunidade Terapêutica Reviver acabou na delegacia no final da tarde desta terça-feira (31). O dono da instituição teria agredido um interno e sua esposa.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 18h para uma ocorrência de vias de fato na clínica de reabilitação para dependentes químicos Comunidade Terapêutica Reviver, localizada no bairro Rio do Meio, interior de Camboriú.

Fernando Gomes Gonçalves, interno da clínica, alegou ter sofrido agressões pelo dono da instituição, Cláudio Luiz Cordeiro, e por mais outros quatro internos. Sua esposa também teria sido vítima dos chutes e socos. Os dois apresentavam escoriações no corpo.

Segundo o proprietário da instituição, o interno estava em processo de desintoxicação e teria se negado a tomar os remédios. No momento em que o diretor tentou convencê-lo, as agressões começaram.
Quarta, 1/2/2012 10:49. LINK DA FONTE


ESSA CHAMADA "CONFUSÃO" PELO JORNAL, É COMUM DENTRO DA COMUNIDADE TERAPÊUTICA REVIVER. FREQUENTEMENTE OS INTERNOS SÃO MAL TRATADOS, EXPOSTOS A HUMILHAÇÕES FÍSICAS E PSICOLÓGICAS, QUE LÁ DENTRO SÃO CHAMADAS DE "TESTE DE SERENIDADE" ( ALEGA ESTAR TRABALHANDO O INTERNO ).
NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE A POLICIA FOI CHAMADA PARA ATENDER UMA OCORRÊNCIA DE AGRESSÃO POR PARTE DE CLAUDIO LUIS CORDEIRO ( DONO DA CT ). EU MESMO QUANDO DECIDI ABANDONAR O ""TRATAMENTO DELE"" FUI AGREDIDO SERIAMENTE E ROUBADO O POUCO DINHEIRO QUE TINHA. PROCUREI A JUSTIÇA, MAS INFELIZMENTE EU COMO ADICTO NÃO CONSEGUI VENCER A BRIGA, POIS NÃO PROVEI AS AGRESSÕES POR PARTE DELE, APESAR DE TER UM LAUDO DE CORPO DE DELITO QUE ATESTOU OS FERIMENTOS, NÃO CONSEGUI TESTEMUNHAS PARA DEPOR CONTRA O DONO DA CLINICA, COMO DISSE A MULHER DELE, HELOÍSA EM E-MAIL ENVIADO A MIM "" NÃO FOI PROVADO QUE VC FOI AGREDIDO LEMBRA?BUNDÃO.  "" ...E-MAIL ESSE QUE GUARDO COMO QUE GUARDA UMA CICATRIZ, LEMBRANÇA DE UM FERIMENTO.
MAS AGORA QUE ELE AGREDIU NÃO SÓ UM ADICTO, MAS A ESPOSA DELE TAMBÉM QUE NÃO É VICIADA E A COISA GANHOU ESPAÇO NAS MÍDIAS, CLAUDIO LUIS CORDEIRO, VAI PAGAR PELO QUE FEZ.
NO DIA 26, DE MARÇO É A AUDIÊNCIA NO FÓRUM DE CAMBORIÚ, EU VOU ESTAR LÁ, SE PRECISO, LEVAREI FAIXAS E CARTAZES PARA QUE A IMPRENSA FORCE UMA JUSTIÇA BEM FEITA.
SEI QUE A CT VAI LER MEU BLOG. MAS NÃO TENHO MEDO DELES. PROVA DISSO É A PUBLICAÇÃO A BAIXO: 
É VERDADE, SÓ NÃO FOI PROVADO....
E DESTA VEZ? SERÁ QUE TAMBÉM NÃO?
A JUSTIÇA DE DEUS TARDA, MAS NÃO FALTA.
MAS FALANDO EM BUNDÃO...
O BUNDÃO AQUI NÃO USA DROGAS. E VC?
O BUNDÃO AQUI NÃO TEM DIVIDAS. E VC?
O BUNDÃO AQUI ANDA DE CABEÇA ERGUIDA. E VC?
O BUNDÃO AQUI VAI NO FÓRUM DIA 26, DE MARÇO
TRANQUILO APOIAR A VITIMA DA VEZ.
DEPOIS VOLTO PRO MEU TRABALHO OU PRA MINHA
FELIZ FAMÍLIA EM MEU ABENÇOADO LAR. E VC?????
E VOCÊ ?????????
    ESSA FOI MINHA RESPOSTA AO E-MAIL QUE RECEBI DA CT QUE OS CALOU.
ATÉ O DIA 26, DE MARÇO "REVIVER".
TOMARA QUE MUITOS EX INTERNOS APAREÇAM LÁ!!
ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.

2 comentários:

Luís Angelo disse...
Boa tarde! Eu sei bem como é algumas comunidades, pois, já passei por algumas até conseguir me recuperar e seguir nesta caminhada. Infelizmente algumas não tem a menor estrutura para abrigar um DQ, monitores desqualificados, enfim já vi de tudo, inclusive algo parecido com o relato acima. É bom fazer parte de mais um grupo que está em busca de um mesmo objetivo. Uma melhor qualidade de vida. Tb tenho um blog se alguém se interessar em dar uma olhada tá aí o link

http://teliganomovimento.blogspot.com/
Um abraço!
Rota disse...
Fui interno da CT reviver e vi de tudo lá dentro... interno apanhando, não só do Cordeiro mas de internos que compunham a coordenação após completarem o tratamento, eu mesmo fui expulso da ct porque disse ao Cordeiro que todos os que trabalhavam para eles eram ratos, e que falavam mal dele inclusíve da dignissima "esposa" dele... ele fez eu arrumar minhas coisas e mandou o motorista me levar para o CERTA onde eu conheço o coordenador e sei que a coisa é séria de verdade... estou a 6 anos limpo e posso garantir que a CT reviver deveria ser investigada e fechada... porque usar a mão de obra do interno para benefício proprio, humilhar, bater e gritar com interno, não possuir um atendimento médico de emergência, enfiar remédio no interno sem prescrição, contar uma coisa pra família do interno e fazer outra além de não ser correto não ajuda o viciado a mudar...

22 maio 2012

DE UM AMIGO.


PARTICIPE DA CAMPANHA E RECEBA BENÇÃOS.

REPASSE AOS SEUS CONTATOS.

Se desejar que ,esta mensagem seja enviada a alguém me envie o e-mail, se quer que envie pelo correio me envie o endereço, se você tem algum vicio ou em sua família me avise, quero orar especificamente por vocês e te enviar uma carta abençoada com um imã ungido.
                                                                                                                              
Eu fui alcoólatra e fumante assíduo, levava uma vida de derrotas, derrota moral, física e espiritual, as drogas e o álcool nos jogam na lama, na humilhação, envergonhamos nossas famílias, agredimos e atacamos as pessoas que mais nos ama e quer nos ajudar. Destruímos nossa saúde física e moral e destruímos também toda nossa família. É triste e vergonhoso ver um ente querido dominado pelo vicio.

O cigarro prejudica nossa saúde, prejudica a saúde de quem está perto e convive conosco, o cigarro também nos deixa com um cheiro muito desagradável, já vi pessoas morrerem por causa do cigarro e do álcool e o sofrimento é terrível.

O jogo é enganador, não nos dá nada, só tira, tira nosso dinheiro, nossa paz e também a paz de nossa família, deixamos de comprar o que a família precisa para jogar, terrível, além de todo este mal que faz para o corpo, para a vida social e para a família, o vicio destrói sua vida espiritual e te condena para a eternidade, pois o vicio é pecado veja o que diz a Palavra de Deus:

“TUDO ME É PERMITIDO, MAS NEM TUDO CONVÉM. TUDO ME É PERMITIDO, MAS EU NÃO DEIXAREI QUE NADA ME DOMINE” (I Corintios 6-12)

VOCÊS NÃO SABEM QUE SÃO SANTUÁRIO DE DEUS E QUE O ESPIRITO DE DEUS HABITA EM VOCÊS? SE ALGUÉM DESTRUIR O SANTUÁRIO DE DEUS, DEUS O DESTRUIRÁ; POIS O SANTUÁRIO DE DEUS, QUE SÃO VOCÊS É SAGRADO”  (I Cor 3-16-17)

Vejam no primeiro versículo fala que tudo me é permitido, mas não posso deixar que nada me domine, o vicio domina. No outro diz que somos santuários de Deus e se nos destruirmos, Deus nos destruirá, Deus destruirá nosso espírito, e o vicio destrói o corpo, e a destruição do espírito é a condenação eterna.

Deus não nos fez viciados, então podemos sair dessa, sei o quanto é difícil, pois já fui um viciado, Deus me libertou, Deus pode libertar qualquer um, inclusive você. Estou orando por você e estou a sua disposição para o que precisar se quiser ajuda conte comigo.

Vejam em nosso álbum de fotos as fotos do evangelismo que fiz hoje na Pediatria do hospital Ribeirão Pires, entreguei mensagens, toalhinhas para as crianças, conversei com os pais e orei pelas crianças, Deus é tremendo.



Dagoberto Prata


13 maio 2012

DIA DAS MÃES SEM DROGAS.


DURANTE ANOS QUE VIVI NA DROGADIÇÃO COMPULSIVA, NUNCA DEI MUITA BOLA
PARA O DIA DAS MÃES, NA VERDADE, NUNCA ME IMPORTEI COM DATA NENHUMA, ANIVERSÁRIOS, NATAIS, DIA DOS PAIS ENTÃO...
A UNICA DATA QUE INTERESSAVA ERA A QUE EU ESTAVA USANDO DROGAS.
É...  HOJE É DIA DAS MÃES, E CONTINUO VIVENDO LONGE DA MINHA.
O  PIOR QUE NEM PUDE MANDAR ALGO PRA ELA, A NÃO SER UM DISQUE MENSAGEM.
COMO GOSTARIA DE PODER DAR A ELA PELO MENOS UMA PARTE DO QUE ELA ME DEU.
NÃO ESTOU FALANDO SÓ DE BENS MATERIAIS, MAS SIM DO APOIO, CREDIBILIDADE E AMOR, QUE MESMO FAZENDO DE TUDO PARA NÃO MERECER, ELA CONTINUAVA A DAR.
UM AMIGO DISSE QUE NÃO DEVERIA ME CULPAR PELA FALTA DE GRANA PARA UM PRESENTE,
POIS O MELHOR PRESENTE QUE ELA PODE GANHAR DE MIM ELA JÁ ESTA TENTO, QUE É ME VER SEM USAR DROGAS E TENDO UMA VIDA DIGNA.
MESMO ASSIM EU ME CULPO. ATÉ MESMO PORQUE SE EU NÃO TIVESSE ESCOLHIDO USAR DROGAS, TALVEZ HOJE FOSSE O HOMEM QUE ELA ESPERAVA POR COMPLETO.
ACREDITO QUE ESSE HOMEM TERIA UM BOM EMPREGO COM CARREIRA PLANEJADA, MORARIA EM UMA BOA CASA PRÓXIMO DELA E TERIA  DADO VÁRIOS NETOS A ELA, PROPORCIONANDO MUITO ORGULHO.
MAS EU NÃO SOU ESSE HOMEM E NEM POSSO SER, NO MAXIMO SERIA UM POUCO MAIS DO QUE SOU AGORA, ALGUÉM QUE COMEÇOU A VIVER SEM TEM PASSADO PELA ADOLESCÊNCIA E QUER BUSCAR A RESTITUIÇÃO DA VIDA PERDIDA DURANTE A DROGADIÇÃO.
O FATO É QUE ESTOU TRISTE POR NÃO OFERECER MUITO A QUEM JÁ ME DEU TANTO. É COMPLICADO TER TÃO POUCAS EXPECTATIVAS DE PROSPERIDADE.
SE EU TIVESSE QUE DAR UM FEEDBACK A MIM MESMO SERIA ASSIM:
“FORÇA IRMÃO. DEIXE DE AUTO PIEDADE. QUALQUER MÃE DE ADICTO SERIA A MÃE MAIS FELIZ DO MUNDO POR TER O FILHO LONGE DAS DROGAS. PROSPERIDADE É UMA COISA QUE SE CONQUISTA AOS POUCOS E TRABALHADOR E INTELIGENTE COMO VOCÊ É, LOGO VAI CHEGAR LÁ. PEÇA AO SEU PODER SUPERIOR SERENIDADE PARA DISTINGUIR AS DIFERENÇAS.”
ESTÁ UMA CONFUSÃO A MINHA CABEÇA. COMO POSSO ESTAR TÃO TRISTE SABENDO QUE ELA ESTA FELIZ POR MIM?
TENHO QUE ME CONVENCER QUE O MEU FEEDBACK ESTA CERTO. PRECISO ME APEGAR A ISSO, POIS, ESSAS PALAVRAS FORAM DO MEU CORAÇÃO.
SEI QUE CRIEI ESTE BLOG PARA AJUDAR DEPENDENTES E CO-DEPENTES A ENFRENTAR OS PROBLEMAS DA ADICÇÃO, MAS SE VOCÊ LEITOR TIVER ALGO A ACRESCENTAR AO FEED, ENVIE COMO COMENTÁRIO. HOJE SOU EU QUEM PRECISA DE AJUDA.
GOSTARIA DE LEMBRAR UMA FRASE DE CHICO XAVIER, MAS NÃO LEMBRO EXATAMENTE, É MAIS OU MENOS ASSIM:
“NÃO PODEMOS REESCREVER NOSSA HISTÓRIA. MAS PODEMOS FAZER UM NOVO COMEÇO.”
BASEADO NISSO, FICA DE PRESENTE PARA O FUTURO DIA DAS MÃES, A PROMESSA DE QUE MINHA HISTÓRIA SERÁ MELHOR.
E NESTE DIA DAS MÃES SÓ POSSO DIZER QUE A AMO E NÃO USO MAIS DROGAS.

FIQUEM COM DEUS.

30 abril 2012

ATENDENDO A PEDIDOS: O PRAZER DAS PRIMEIRAS NUNCA MAIS.

RECEBI OUTRO DIA, UM E-MAIL . NELE UM SENHOR PERGUNTAVA O SEGUINTE:
 - COMO EU QUE USO MACONHA A TANTO TEMPO, POSSO COBRAR DE MEU NETO, PARA QUE PARE DE USAR CRACK?
 - E COMPLETOU: - NÃO CONSIGO CONVENCER ELE A USAR SÓ A MACONHA. AFINAL DE CONTAS ELA NÃO É TÃO PREJUDICIAL COMO, COCAÍNA, CRACK, PASTA BASE E ATÉ MESMO O ÁLCOOL.
   
-ALGUÉM SABE A RESPOSTA? ALGUÉM SABE COMO SUBSTITUIR ESSES VICIO?
LÁ VAI A MINHA RESPOSTA;
CARO LEITOR, NÃO EXISTE COMO TROCAR DE DROGAS NO CASO DE USO DEPENDENTE. ENTENDA QUE ELE, ASSIM COMO EU E TODOS OS ADICTOS DO MUNDO, SOMOS ESCRAVOS DE NOSSAS COMPULSIVIDADES EM USAR.
UM AMIGO DISSE UMA COISA QUE SE ENCAIXA PERFEITAMENTE NESSA HISTÓRIA; "O ADICTO ESTA SEMPRE BUSCANDO OUTRAS DROGAS PARA TENTAR MANTER A EXPERIENCIA DA PRIMEIRA VEZ". VEJA BEM, EU MESMO QUANDO USEI PELA PRIMEIRA VEZ, FOI INCRÍVEL. FOI UM PRAZER INDESCRITÍVEL A SENSAÇÃO QUE A DROGA CAUSOU EM MIM,ERA APAIXONANTE USAR.
ESSE PRAZER MARAVILHOSO LOGO DEU LUGAR AO DESESPERO DE AUMENTAR O CONSUMO PARA TENTAR TE-LO. E POR ISSO PASSEI A USAR MINHA DROGA (PASTA BASE) MISTURADA COM MACONHA.
ISSO DEU CERTO POR UM TEMPO, CONSEGUI TER DE NOVO O PRAZER EM ME DROGAR, MAS LOGO TIVE QUE AUMENTAR MAIS E MAIS E A ANGUSTIA VOLTOU COBRANDO O TAL PRAZER.
CONFESSO QUE USEI SÓ A MACONHA PURA DURANTE UM TEMPO PARA TENTAR RELAXAR E NÃO PROCURAR OUTRA DROGA, MAS QUANDO A INSTIGA (DESEJO DE USAR) BATIA, ATÉ TENTAVA COM HAXIXE, ACALMAR O DESESPERO.
CLARO QUE NÃO ADIANTAVA E EU CORRIA PARA MINHA DROGA DE PREFERENCIA (PASTA BASE DE COCAÍNA), E VOLTEI  DE TODAS AS VEZES QUE TENTEI DAR "UM TEMPO" CONSUMINDO MAIS DO QUE ANTES.
ENTÃO TERMINEI DIZENDO PARA O "VELHO MACONHEIRO":
NÃO TENTE CONVENCER SEU NETO A USAR MACONHA. TENTE CONVENCE-LO DE NÃO USAR MAIS DROGAS, POIS ELE, ASSIM COMO EU BUSQUEI E NÃO ACHEI, JAMAIS VAI TER O PRAZER DA PRIMEIRA USADA, ALIAS, NEM O SENHOR; E QUER SABER SE A MACONHA FAZ MENOS MAL OU NÃO....
                               ...OLHA PARA SEU NETO HOJE E PERCEBA SUA INFLUENCIA SOBRE ELE, TANTO COMO EXEMPLO A SER SEGUIDO, COMO POR PRÉ-DISPOSIÇÃO GENÉTICA.

19 abril 2012

ALGUNS DOS MELHORES COMENTÁRIOS QUE RECEBI.

LEIA OS COMENTÁRIOS E SE QUISER, LEIA OS TEXTOS QUE OS ORIGINA-LOS PARA DEIXAR O SEU PONTO DE VISTA.


Neste caso companheiro não é questão de julgar, e sim de constatar. A realidade estatistica, é que a dependencia é caracterizada por compulsão e obsessão. Os graus de compulsão e obsessão entre maconha e crack, é claro que são diferentes, mas existem em abas as drogas. Quando consumia maconha, vivia obsessivo por usar e consumia muito ao dia geralmente de 10 a 15 baseados, podendo exedor ou fumar menos por falta. Quando não tinha ficava maquinando maneiras de arrumar, e não conseguia pensar em mais nada. Clinicamente como profissional, esperar que o indivíduo substitua, é apenas segurar por um espaço curto de tempo a retomada a cumpulsão máxima(uso do crak neste caso) em pouco tempo, o individuo alimentando uma forema conulsiva de viver, como comer demias, sexo demias, trabalho demais(compulsivamente), acaba retomando o consumo de sua susbstancia de preferencia. Com certeza este avó influencia negativamente o garato como exemplo, e presupondo que o garoto decida se tratar, vai causar Veja mais...
Por Anônimo em O PRAZER DAS PRIMEIRAS NUNCA MAIS. em 18/04/12

Boa tarde! Eu sei bem como é algumas comunidades, pois, já passei por algumas até conseguir me recuperar e seguir nesta caminhada. Infelizmente algumas não tem a menor estrutura para abrigar um DQ, monitores desqualificados, enfim já vi de tudo, inclusive algo parecido com o relato acima. É bom fazer parte de mais um grupo que está em busca de um mesmo objetivo. Uma melhor qualidade de vida. Tb tenho um blog se alguém se interessar em dar uma olhada tá aí o link http://teliganomovimento.blogspot.com/ Um abraço!


Cara, o seu blog é muito interessante, e a sua história é realmente fantastica!(se a mesma for veridica) Mas você é muito arrogante, e a questão do neto do "velho maconheiro" não tem nada haver com ele usar crack! e sobre ao voltar ao primeiro prazer você está certo em partes, existe uma distinção de prazeres e não é isso que precisamente vai fazer alguém ir atrás de uma dose mais forte. Em uma tranza os orgasmos são sempre iguais? do mesmo jeito? Quando você mencionou o seu prazer, você se lembrou dele e o descreveu aqui, e desde que você saiu do vício, nunca mais sentiu o tal prazer. Isso faz de você alguém com mais vontade de achar esse prazer novamente? Pense bem, o neto precisa de tratamento, não de julgar o avô por que ele usa maconha, coisa que VOCÊ sabe e nós sabemos que é inofensiva!
Por Anônimo em O PRAZER DAS PRIMEIRAS NUNCA MAIS. em 28/03/12


Flor, o Emerson tem toda razão, a cada linha que lia da sua história, eu via uma mulher codependente, que precisa dele pra se sentir feliz, que mesmo estando sofrendo com essa situação, se sente útil na vida dele, vi uma mulher tão doente quanto ele, não adianta somente ele querer se curar, você também precisa, se curando, você encontrará respostas para as perguntas que fez ao Emerson, de como vai conseguir viver com ele novamente, você saberá, quando estiver livre desse transtorno. Sou uma Co em recuperação e por isso lhe digo, não se destrua com essa doença!!! Estamos juntas!


Esse post valeu pela reflexão... Estamos sempre reclamando e esquecemos de agradecer... Boas 24 horas pra vc!!! Abços.
Por VALEU A PENA em SE PEDIU, SAIBA RECEBER. em 15/01/12


bom não é um comentario apesar de adorar seu comentario mais é uma ajuda que te pesso pelo amor de Deus não sei o que fazer estamos passando por tudo isso minha familia está se desmoranando meu irmão tem 30 anos já se tratou em uma clinica chamada,comunidade bom pastor de bauru se recuperou e ficou lá trabalhando e agora depois de 5,anos sai e voltou a usar e agora ele esta na pedra não sabemos mais o que faze me ajuda minha mae está gravida de uma menina com sidronmedal e para ajudar ela descobrio que tem 5 tumor no celebro e porriso minha irma vai nascer agora dia 5 de janeiro e agente fala para ele mais não esta nem ai me ajuda estou perdendo o controle
Por Anônimo em Quando a família adoece junto em 28/12/11


Olá meu amigo ! Voce esta certo, Deus nao castiga ninguem, as vezes sofremos consequencias vinda de nossos propios atos, e muias pessoas vê essas consequencia como ser Deus castigando...Deus é amor, misericordia e perdão ! Deus continue te abençoando e te fortalecendo todos os dias !
Por Emily em INIMIGOS DE DEUS? em 20/12/11


Concordo que devemos ter a livre escolha mais seria tão legal se fosse numa direção saudável que não fizesse o mau para ninguém inclusive para a pessoa que faz uso de psicotrópicos ou narcóticos. Não quero em hipótese alguma questionar o direito de cada um apenas me preocupo com a questão da dignidade humana que precisa ser preservada. O direito a vida feliz, saudável, digna, familiar, amparada, etc...


olá.amei saber da vitoria que Deus lhe deu.Estou esperando um milagre,pois meu namorado é um adicto ativo e o pior é que ele não tem forças para pedir ajuda.Faz 17 dias que deixou tudo,não quer ver nem falar comigo nem com seus familiares,estar morando debaixo de uma ponte.È triste ve-lo nessa situação.Procurei falar com ele sobre internação,mas ele não quer nem ouvir.A minha esperança é Deus aparecer com o seu sobrenatural e fazer um MILAGRE.Q/Deus continue tanto-lhe forças


VOCE É UM IDIOTA PODRE PERIFERICO
Por Anônimo em SERIA BOM SE FOSSE SÓ A MACONHA. em 13/10/11


Creio que existem terapeutas e diretores de clinica que realmente se importam com seus pacientes,vc falando assim parece generalizar todo tipo de ajuda tanto de grupos como de clinicas, várias pessoas trabalham nessa área sem ganhar nada em troca,eu mesmo conheço vários, ele((a) s fazem por puro amor e com muita dedicação é muito lindo de se ver.
Por Anônimo em COMPARTILHAR É PRECISO. MAS COM QUEM? em 25/09/11


To gostando muito de ler seu blog.Esta me ajudando como coodependente, obrigada!
Por Anônimo em PLANTEI DROGAS SOZINHO, POR ISSO COLHI EU MESMO. em 24/09/11


Só por hoje já lá vão 18 anos Um abraço e mais 24h


PARABÉNS AO CASAL!!!TAMBÉM ACREDITO NO AMOR E AMO VERDADEIRAMENTE UM GUERREIRO CONTRA AS DROGAS QUE SE CHAMA WESLEY E FAZ PARTE DO SEU BLOG.ELE É MINHA VIDA!!!ENQUANTO DEUS E ELE PERMITIR SEREMOS UM SÓ E SEJA COMO FOR,ONDE FOR E QUANDO FOR QUERO MAIS É QUE ELE ESTEJA COMIGO CADA DIA DA MINHA VIDA POIS ACREDITO DEMAIS EM CADA PASSO RUMO A VITORIAS E CONQUISTAS QUE ELE VEM CONQUISTANDO E AINDA VAI CONQUISTAR!!!!AMO MEU WESLEY E DESEJO TODA FELICIDADE DESSE MUNDO A VCS NÃO SO PELO DIA DE HJ MAS PELO AMOR SINCERO QUE COMPARTILHAM QUE É TÃO DIFICIL DE SE VER NOS DIAS DE HJ!!!!


QUE DEUS POSSA A CADA DIA TE DAR FORÇA NA SUA CAMINHAHA VIVENDO UM DIA DE CADA VEZ.TAMBÉM JÁ TIVE NO LIXO E NA LAMA MAS GRAÇAS AO DEUS DA MINHA COMPREENSÃO E OS 12 PASSOS DE "NA"ENCONTREI UMA NOVA MANEIRA DE VIVER LIMPO JÁ A VARIOS ANOS.TE DESEJO SUCESSO E F O R Ç A!!! SE PUDER ME AJUDE A DIVULGAR MEU BLOG. TE DESEJO MAIS 24 HRS DE SOBRIEDADE!!!
Por wesley em QUE ADICTO NÃO QUER? em 03/09/11



Gostei muito do seu depoiemento emerson, esclarecedor e conta a minha historia, mas hoje aprendi que tenho de vivenciar todos os dias o 1º Passo e aceita-lo plenamento, porque se não o fizer nem adiantará tentar os outros porque com certeza n ão irão funcionar. Hoje toco minha recuperação no NA fazendo o que tem de ser feito, por mim e pelos adictos que ainda virão, rogando a Deus apenas que ilumine e de clareza para aquele adicto que ainda sofre encontre uma porta aberta de NA para que não precise morrer sem encontrar recuperação. A porta do Grupo esta sempre aberta e com certeza haverá sempre uma cadeira vazia para garantir o lugar daqueles que virão. E com certeza concordei com vc quando diz em seu depoimento que em outras palavras " A DOR DA RETIRADA É NECESSÁRIA, PORQUE A DOR DA RECAIDA É INSSUPORTÁVEL. BONS MOMENTOS A TODOS OS ADCITOS QUE FAZEM RECUPERAÇÃO EM NA.
Por Anônimo em RECAÍDA É AUMENTO DE COMPULSIVIDADE. em 11/08/11


MOÇO , CONTINUA ASSIM , POIS GOSTARIA MUITO QUE MEU FILHO TIVESSE A FORÇA QUE VOCE TEVE
Por Anônimo em DIA DAS MÃES em 26/07/11


Emerson, parabéns pelo Blog e pela história de vida! A co-dependência nos causa dor profunda na alma, chegamos ao desespero, e ao cúmulo da insanidade. Eu era uma co-dependente e nem sabía o que isso significava. Pensava que o único que precisava de ajuda em minha casa, era o meu esposo adicto. Há dois anos atrás conheci o NAR-ANON e suas literaturas, e posso dizer que minha vida mudou. Meu esposo continua adicto, mas, minha vida hoje é bem mais controlável, e sou feliz. Isso mesmo, sou feliz! Meu pai morreu de overdose, e meu esposo é dependente de cocaína, eu os amo muito, mas, não posso controlar suas escolhas, então aprendi a me desligar emocionalmente, e simplesmente entregar para Deus o que eu não posso resolver! Está dando muito certo! Um grande abraço e muita serenidade! Polyanna (http://amandoumdependentequimico.blogspot.com)


Olá Emerson... nossa eu vi essa reportagem na Tv; eu não tiro a razão e muito menos subestimo os sentimentos dela, visto que o filho na adicção torna-se extremamente perigoso para a sociedade, familiares e com a propria vida. Olha a situação do nosso Brasil????? Precisamos de uma politica publica voltada para o dependente,urgentemente e tb upgrade na Saude Mental e Psiquiatria... DrºLaranjeiras que sabe o quanto luta por isso, quem sabe nesse nosso novo governo teremos algo diferente pela frente????? Forte abraço!!! B & C
Por Anônimo em Desespero faz mãe acorrentar filho em 18/06/11


Olá blogueiro, Obrigado por seu apoio na luta contra o crack e outras drogas. O consumo aumentou e é preciso a união de todos. O crack traz malefícios ao usuário, família e sociedade e atinge a todos independentemente do sexo, cor e classe social. Divulgue mais informações sobre a droga: http://bit.ly/bDGqGz Conheça os CAPS que estão espalhados em vários lugares do país para prestar auxílio aos dependentes: http://migre.me/2qkFl Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude Mais informações: comunicacao@saude.gov.br Obrigado, Ministério da Saúde


Concordo com você, a questão não são os 12 passos em si, mas a forma como esse método está sendo usado por pessoas, ou despreparadas ou inexcrupulosas que vêm o tratamento dos dependentes apenas como mais um negócio lucrativo.
Por Anônimo em ESCOLHA BEM ONDE E COMO SERÁ O "TRATAMENTO". em 24/03/11


Parabéns Bom estou com um problema muito serio aqui onde eu moro,tenho uma amiga que tem 14 anos e ela é usuaria de drogas e a 1 mes mais ou menos passou a usar o crak estamos desesperados pois ela é uma menina muito bonita mas esta acabando com ela mesmo.Mas fico feliz em saber que alguém conseguiu se livrar de um vicio que é muito reuim pois nao prejudica so você mas todos que estao a sua volta.
Por Anônimo em RECAÍDA É AUMENTO DE COMPULSIVIDADE. em 27/11/10


Emerson, obrigado pelas palavras de carinho, pelo incentivo, pra quem vive de arte e para a arte, isto representa muito. grande abraço e parabens pelo bloog e pela sinceridade dos textos.


SOUBE DESSA HISTÓRIA NA ÉPOCA DO ACIDENTE... QUE LOUCURA...KKK... AGORA ENTENDO MELHOR O VALOR DO BONÉ

10 abril 2012

TIREI ESSE TEXTO DO BLOG DE UM COLEGA. EU RECOMENDO!

A doença do auto engano.

A drogadição é uma doença incurável, progressiva, e fatal. Ela também é emocional, física, e espiritual.
Emocional porque falta uma química no cérebro que nos dá prazer chamada Dopamina, e para substituir essa  substância procuramos prazer em outras coisas, física porque deteriora todo o organismo, e espiritual se o cara não acredita nele mesmo, vai acreditar em algo SUPERIOR?  
Estava lendo agora no jornal o relato de um usuário de crack e os efeitos que lhe causavam, a sensação de prazer, e até de amor a droga, tanto que trocaria qualquer coisa por ela. No início pensamos que temos o controle sobre a droga, infelizmente é o que todo o DQ, pensa (eu paro quando eu quiser), e o tempo foi passando, não consegui mais largar, no fim a droga tinha o domínio sobre minha vida. Mas chegou em uma fase que eu usava e ao mesmo tempo não queria mais, não suportava mais aquela vida (se é que dá pra chamar aquilo de vida), quase todos se afastaram de mim, já não ia mais ao emprego, mentia pra minha esposa, que na época era minha namorada. Estava realmente no fundo do poço , mas meu orgulho falava mais alto e eu me achava o cara. Hoje estando de fora eu olho alguns usuários e me vejo naquela situação, mal trapilho, cheio de trejeitos que o cara pega e ainda acha que consegue enganar alguém, é a legítima doença do auto engano.
E ainda hoje eu tenho que me policiar porque as vezes minha mente tenta me manipular, é uma luta constante contra mim mesmo, eu tenho que me disciplinar, isto que escrevo me ajuda a lembrar quem eu fui, nós DQ, falamos que andamos com a nossa lata do lixo do lado, pra hora que bater a arrogância abrirmos nossa lata olharmos pra dentro e lembrarmos quem fomos.
Eu não sei o que leva as pessoas a usarem drogas, até hoje não sei porque usei, tenho uma família que sempre amou da melhor maneira que puderam, me deram educação, estudo. Não posso botar a culpa no lugar onde cresci, porque muitos dos meus amigos, cresceram no mesmo lugar e a grandemaioria não se envolveu com drogas, ou usou e parou. Apesar de todos os problemas que causei não só na família, mas na sociedade em geral, os meus familiares foram os únicos que não me abandonaram, mas não são todos que tem essa sorte.
A MAIORIA DOS USUÁRIOS DE DROGAS TEM UM DESTINO QUE É OS TRÊS Cs: CLÍNICA, CADEIA OU CEMITÉRIO. E eu não fui diferente parei em uma clínica. as pessoas acham que só acontece com o vizinho, com o filho(a), marido, esposa, dos outros. O meu não só toma uma cervejinha (ÁLCOOL), o pior de todos, até começarem a sumir as coisas de dentro decasa, aí meu chapa a coisa já tá feia.
Existem grupos de recuperação para familiares AE (Amor exigente), AL-ANON, e os para os DQ, AA, NA  procure o que achar que vai se sentir melhor.
A maioria das pessoas não conhece a realidade de uma C.T. vou tentar contar o que acontece dentro de uma. Temos horário pra tudo, o que é muito bom, pois, antes não tinhamos horário pra nada,(como diria Renato Russo-disciplina é liberdade), somos monitorados 24hs por dia, por pessoas desqualificadas, como numa cadeia sem grades, podemos ir embora a hora que quisermos, Temos regras se falharmos somos punidos. Tem todo o tipo de punição, de ficar sem o "lazer" até pegar um PRETO, que é ficar trabalhando até mais tarde aí depende da C.T, geralmente é até as 22:00hs.
Trabalhamos para comer, plantamos, construímos alojamentos, cuidamos dos animais, fazemos nossas comidas, temos reuniões, e tudo tem prazo se não for cumprido somos punidos. Televisão só no domingo em horário e canal determinado, em dias diferentes depende do comportamento do grupo e se for o time do monitor que estiver jogando. Não tem dia ruim pra trabalhar é embaixo de chuva ou de sol de 40º no lombo.
Nos dias de visitas os familiares levam doces e entregam para a monitoria, que só nos dá quando acham melhor, quando dão. Todos os dias vai um interno embora mais chega dois, é pela polícia por causa de estupro, assassinato, vem pela prefeitura, some as coisas da gente, o banho é de três minutos, tem brigas, o cara tem que dormir com um olho aberto e o outro fechado. O INTERESSANTE DA COISA É QUE EU PAGUEI PRA PASSAR POR TUDO ISSO.
Muitos vão embora dizendo que é saudade da família, antes estavam dentro de casa e não olhavam na cara da mãe, outros não aguentam. Eu fiquei porque pensava em tudo o que eu tinha feito, em tudo que eu tinha perdido, e que ainda podia perder. Mas uma coisa eu sempre tive que foi fé, e lá eu descobri que não me conhecia, descobri realmente um poder Superior, não este que dizem que castiga, que faz e acontece, mas uma força, uma energia que muda completamente a maneira de pensar e de agir, não torna ninguém perfeito, mas faz olharmos o mundo de outra maneira. ENQUANTO ESTIVE LÁ (4 MESES) MAIS DE 50 PASSARAM E FORAM EMBORA.