TORNE-SE MEMBRO E APÓIE ESTE BLOG VOCÊ TAMBÉM !!

29 outubro 2011

RECAÍDA.

SEMANA PASSADA, RECEBI UMA LIGAÇÃO DE UM AMIGO, DIZENDO QUE HAVIA RECAÍDO, FALOU QUE ESTAVA BEBENDO A DOIS DIAS, ESTAVA MUITO MAL E PRECISANDO DE AJUDA.
ENTÃO DISSE A ELE COMO FAZER PARA MELHORAR, ENFIM, ELE ACABOU INDO PARA O HOSPITAL, POIS ELE, NÃO ESTAVA NADA BEM. DEPOIS QUE DESLIGUEI O TELEFONE, ME PERGUNTEI; “POR QUE ESSE INFELIZ, NÃO ME LIGOU ANTES DE TER RECAÍDO?”
                             ...NO FUNDO SEI A RESPOSTA. QUANDO ESTAMOS MANIPULADOS PELA DOENÇA A RECAÍR, NÃO HÁ NADA QUE NOS TIRE ESSE PENSAMENTO, O PENSAMENTO DE QUE; “JÁ ESTOU BOM, ESTOU CURADO, JÁ POSSO TOMAR UMA CERVEJINHA E QUE NÃO VAI DAR NADA”.
MAS ACREDITEM DA SIM.
EU JÁ PASSEI POR ISSO, EM MINHAS RECAÍDAS FORAM TODAS ASSIM; COMECEI COM UMA CERVEJINHA E QUANDO VIA JÁ ESTAVA NA MINHA DROGA DE PREFERENCIA. NO COMEÇO ATÉ QUE EU CONSEGUIA CONTROLAR ESSE USO, MAS LOGO TUDO VOLTAVA  A ESTACA ZERO. RAPIDAMENTE JÁ ESTAVA AFUNDADO NOVAMENTE NA MINHA DROGA DE PREFERENCIA E USANDO CADA VEIS MAIS. VALE A PENA LEMBRAR QUE, SE TEM UMA COISA DE QUE ME LEMBRO BEM, É QUE MEU USO SEMPRE AUMENTAVA A CADA RECAÍDA, POR ISSO HOJE EM DIA NÃO FAÇO USO DE ABSOLUTAMENTE NADA, NEM UM GOLE, NEM UMA PULADA FORA, POIS ISSO CERTAMENTE VAI ME LEVAR A UMA RECAÍDA.
TENHO VONTADE SIM. HOJE EM DIA MENOS DO QUE NO COMEÇO DA MINHA RECUPERAÇÃO, MAS AINDA TENHO, E QUANDO ESSA VONTADE APARECE, EU FAÇO LOGO UM MOVIMENTO CONTRARIO, MUDO LOGO O FOCO DE MEUS PENSAMENTOS, POIS SEI EXATAMENTE ONDE ELES PODEM ME LEVAR E O QUANTO DOLOROSO PODE SER SE EU ALIMENTAR AS MINHAS VONTADES.
ATÉ MESMO POR QUE EU SINTO VONTADE DE SER UMA PESSOA NORMAL, QUE CONSEGUE TOMAR UMA CERVEJINHA COM OS AMIGOS OU EM UM CHURRASCO EM FAMÍLIA, E FICAR BEM, FICAR SÓ NESSA CERVEJINHA. MAS SEI QUE EU NÃO POSSO, SEI QUE SE COMEÇAR NÃO VOU MAIS CONSEGUIR PARAR E LOGO ESTAREI FAZENDO USO DA MINHA DROGA DE PREFERÊNCIA. ENTÃO PREFIRO CONTINUAR SENDO BEM RADICAL COM A MINHA RECUPERAÇÃO, ATÉ MESMO POR QUE É ASSIM QUE ESTA DANDO CERTO. 

26 outubro 2011

VALE MUITO INDICAR ESSE LOUVOR.

POUCAS MUSICAS FALAM TANTO SOBRE O QUE PEDI A DEUS COMO ESSA.
"RESTITUI", ERA UM DOS HINOS MAIS CANTADOS NA CAPELA DA CLINICA. SEMPRE SENTI NESSA CANÇÃO UM FORTE MEIO DE ORAR E PEDIR AO PAI MINHA SANIDADE DE VOLTA, PARA QUE ASSIM EU PUDESSE BUSCAR A RESTITUIÇÃO AFETIVA E MATERIAL.
SÓ QUEM REALMENTE PRECISA DE UMA RESTITUIÇÃO ESPIRITUAL, MORAL, FÍSICA, EMOCIONAL E FINANCEIRA, VAI ENCONTRAR NESSA MUSICA UM MEIO DE CHEGAR A DEU E PEDIR.
PODE ATÉ SER CARO LEITOR QUE OUTRAS DIFICULDADES LEVEM AO INTENDIMENTO DA LETRA CANTADA NELA, MAS ACREDITO QUE SÓ UM VICIADO QUE PERDEU TUDO POR CAUSA DO VICIO, É CAPAZ DE CHORAR AO CANTAR ESSA VERDADEIRA ORAÇÃO DE CLAMOR.
SÓ DEUS PARA EXPLICAR COMO ESSA CANÇÃO MEXE COMIGO. FUNCIONA COMO SE OUVIR ELA, FOSSE COMO SE DEUS ME FIZESSE RECORDAR PASSO A PASSO O QUE FIZ, PASSEI E HOJE VIVO....          SÓ POSSO DIZER QUE A PARTE QUE MAIS ME TOCA É:
" O TEMPO QUE, ROUBADO FOI. NÃO PODERÁ SE COMPARAR, A TUDO AQUILO QUE SENHOR TEM PREPARADO ALGUÉM CLAMAR. CREIA POR QUE O PODER DO CLAMOR, PODE RESSUSCITAR....          RESTITUI. EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU. SARA-ME, ME E PÕE SEU AZEITE EM MINHA DOR. RESTITUI....   ME LEVA PRAS ÁGUAS TRANQUILAS.  LAVA-ME SENHOR, E REFRIGERA MINHA ALMA.   RESTITIU......."

ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.

18 outubro 2011

E AI? VAI OUVIR DEUS OU NÃO?

JÁ PASSAMOS DE 10.000 VISITA. É POUCO, PERTO DO TAMANHO DO MAL QUE ENFRENTAMOS, MAS TENHO FÉ QUE VAMOS JUNTOS, CHEGAR CADA VEZ MAIS A QUEM PRECISA DESSE TIPO DE LEITURA.
USEI DROGAS POR MUITOS ANOS, CERCA DE 12 OU 15.... SEI LÁ, NUNCA FUI MUITO BOM COM TEMPO E DATAS.
FUI INTERNADO EM UMA CLINICA DE RECUPERAÇÃO, NO INTERIOR DE SANTA CATARINA E ABANDONEI O TRATAMENTO APÓS UMA "TRANCA DE TAREFAS".
TRANCA: IMPEDIMENTO EM REALIZAR ATIVIDADES DE QUALQUER NATUREZA, DETERMINADA PELO DONO OU TERAPEUTA DA CLINICA DENTRO DO CENTRO DE TRATAMENTO.
TAREFAS: EXERCÍCIOS DO MÉTODO DOS 12 PASSOS MINESSOTA, DE UM TOTAL DE 64 TAREFAS, ONDE NA ENTRE DA ULTIMA SE GANHA O DIREITO DE SE AVALIADO SE VOLTA OU NÃO PARA CASA.
TROCANDO POR MIÚDOS, EU QUE TINHA COMO META SAIR DA CT EM 6 MESES (ADMITO QUE ISSO FOI ERRADO) E ESTAVA PRESTES A SAIR DE RESSOCIALIZAÇÃO, POIS ENTRARIA NO QUARTO PASSO NAQUELA SEMANA, LEVEI UMA TRANCA DE 1 MÊS POR DISCORDAR E PIOR, DIZER O QUE PENSAVA SOBRE AS REGRAS DE UM JOGO DE FUTEBOL.
CASO EU ACEITASSE A TRANCA, ISSO ATRASARIA MEUS PLANOS (QUE IDIOTA FUI... QUEM DISSE QUE ADICTO TEM DIREITO A PLANOS?).
AINDA SOBRE GRANDE INFLUENCIA DE MINHA FALHAS DE CARÁTER QUE NAQUELE MOMENTO AFLORARAM, DECIDI ABANDONAR O TRATAMENTO E PASSEI A VIVER COMO MORADOR DE RUA, DEPENDENDO DA AJUDA DE ALHEIOS (HOJE AMIGOS) PARA SOBREVIVER.
COMO JÁ DISSE EM OUTROS TEXTOS, O CURTO TEMPO EM QUE VIVI EM UMA CT, FOI FUNDAMENTAL PARA HOJE ESTAR FELIZ E BEM. FOI LÁ QUE CONHECI UM PREGADOR QUE AQUI VAMOS CHAMAR DE "IRMÃO".
IRMÃO PREGAVA DE UM MODO SIMPLES E OBJETIVO, FALAVA MUITO SOBRE ATITUDE E FORÇA DE VONTADE, DA IMPORTÂNCIA DE ACEITAR E PRINCIPALMENTE QUERER JESUS AGINDO EM NOSSAS VIDAS E EXPLICOU COM MUITA PRECISÃO A DIFERENÇA ENTRE SER BENDITO E MALDITO.
COM IRMÃO, APRENDI QUE É TÃO FÁCIL SABER O QUE DEUS QUER NA MINHA VIDA, NO MEU DIA-A-DIA.... APRENDI A SABER QUE ATITUDES DEUS QUER QUE EU TENHA PARA SEGUIR NO SEU CAMINHO.
FUNCIONA ASSIM AMIGOS LEITORES: É SÓ SEGUIR NOSSA CONSCIÊNCIA DENTRO DO NOSSO PRÓPRIO DISCERNIMENTO DO QUE É CERTO E ERRADO. POIS DEUS NOS DEU O LIVRE ARBÍTRIO PARA TOMARMOS NOSSAS PRÓPRIAS DECISÕES MAS SEMPRE QUE TOMAMOS UMA ATITUDE ERRADA, E MESMO QUE NÃO O ADMITIMOS, NÓS SEMPRE SABEMOS NO FUNDO QUE ESTÁ ERRADO, POIS NOSSA CONSCIÊNCIA PESA. ISSO PARCEIRO, É A VOZ DE DEUS TENTADO NOS COLOCAR NO CAMINHO CERTO.
ESSA LIÇÃO DO IRMÃO QUERO E PRECISO DIVIDIR COM TODOS, NÃO SÓ VOCÊ QUE ESTA LENDO ESSE TEXTO AGORA, QUERO ISSO CHEGUE NO SEU AMIGO, IRMÃO, PAI, FILHO, ESPOSA, ESPOSO.....
ISSO É UMA VERDADE QUE PRECISA SER EXPERIMENTADA E COMPARTILHADA.
EXPERIMENTE VOCÊ AGORA; EU VOU PEDIR QUE VOCÊ INDIQUE ESTE SITE PARA ALGUÉM QUE VOCÊ ACREDITE QUE POSSA SE INTERESSAR.
DECIDIR SE VAI OU NÃO COMPARTILHAR ESSE TEXTO É UMA FORMA DE TESTAR SE ELE PRÓPRIO ( O TEXTO ) FAZ OU NÃO SENTIDO.
ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.

13 outubro 2011

QUEM TEM QUE CHEGAR AO FUNDO DO POÇO?

A FAMÍLIA É MUITO IMPORTANTE PARA UM ADICTO EM RECUPERAÇÃO.
POREM ELA NÃO AJUDA SE O DEPENDENTE NÃO ESTA REALMENTE BUSCANDO UMA RECUPERAÇÃO.
VEJA BEM; EM QUANTO EU TINHA O APOIO DA MINHA FAMÍLIA, NUNCA QUIS REALMENTE PARAR DE USAR DROGAS. APENAS TENTAVA DIMINUIR OS DANOS CAUSADOS POR ELA.
EM QUANTO POR UM LADO, MEUS FAMILIARES TENTAVAM ME AJUDAR COM CONSELHOS, DINHEIRO, CARRO E TEMPO LIVRE, EU USAVA TUDO ISSO PARA MANTER MEU VICIO.
ERA SIMPLES ASSIM, CODEPENDENCIA + AUTO PIEDADE = MANIPULAÇÃO PARA O CONSUMO.
MUITAS VEZES TENTAVA DIMINUIR O CONSUMO PARA MASCARAR O VICIO E TER MAIS CREDIBILIDADE COM A FAMÍLIA. EU ME ESFORÇAVA PARA NÃO USAR NOS HORARIOS EM QUE ELES PUDESSEM PERCEBER, TRABALHAVA BASTANTE AJUDANDO A TODOS E CLARO, AUTO PIEDOSAMENTE OS MANIPULAVA PARA TER ACESSO A DINHEIRO, MEIO DE TRANSPORTE E TEMPO. O RESULTADO DISSO ERA MAIS UMA MADRUGADA DE DROGADIÇÃO.
MAS EU TINHA MINHA CRIPTONITA, POIS MINHA MAIOR IMPOTÊNCIA ERA EM RELAÇÃO AO DINHEIRO. TRABALHAVA COM MINHA MÃE, FAZENDO TODO TIPO DE SERVIÇO. ENTRE ELES EU BUSCAVA ENCOMENDA, FAZIA COMPRAS, PAGAMENTOS E RECEBIMENTOS. NESSES CASOS TINHA DINHEIRO ANTES DA HORA E INEVITAVELMENTE USAVA DROGAS. SAIA COM CARRO PARA RESOLVER ALGO QUE LEVARIA 20, NO MAXIMO 30 MIN E DESAPARECIA POR HORAS.
ACREDITO QUE ESSE TIPO DE SITUAÇÃO QUE FOI MINANDO A CONFIANÇA DE MEUS FAMILIARES E POUCO A POUCO FORAM DEIXANDO QUE EU CAVASSE MEU POÇO.
NÃO PENSE VOCÊ, QUE ISSO FOI CRUELDADE VIU. POIS SE ELES TIVESSEM TENTANDO ME TIRAR DO POÇO SEM EU QUERER SAIR DE LÁ, NÃO TERIA NUNCA CHEGADO AO FUNDO.
COMO DISSE NO ÚNICO, A FAMÍLIA É FUNDAMENTAL NA RECUPERAÇÃO DO ADICTO, MAS ISSO É SÓ QUANDO ELE MESMO BUSCAR VIVER SEM DROGAS DE VERDADE. CASO CONTRARIO, A FAMÍLIA VIVERA COMO CODEPENDENTE, SENDO MANIPULADA E ROUBADA ASSIM COMO FIZ COM A MINHA.
NÃO ESTOU SUGERINDO QUE OS FAMILIARES VIREM AS COSTAS A UM ENTE QUERIDO POR CAUSA DAS DROGAS. APENAS NÃO ADOEÇAM JUNTO COM ELE, NÃO SE TORNEM CODEPENDENTES, POIS COMO EU, ELE DECIDIU USAR DROGAS E VAI TER QUE QUERER PARAR POR SI PRÓPRIO.
APENAS VIVAM SUAS VIDAS E NÃO A DO ADICTO, POIS ELE É QUEM PRECISA ENCONTRAR O “FUNDO DO POÇO”.
ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.

04 outubro 2011

SERIA BOM SE FOSSE SÓ A MACONHA.

ASSISTI O DOCUMENTÁRIO "QUEBRANDO O TABU". NELE PUDE VER O QUANTO ESTAVA CERTO EM RELAÇÃO A LIBERAÇÃO OU NÃO DA MACONHA. SE QUISER PODE CONFERIR NO TEXTO; QUAL O SEU PONTO DE VISTA? .
ACREDITO QUE A MACONHA REALMENTE CAUSE MENOS DADOS QUE OUTRAS DROGAS LICITAS COMO O ÁLCOOL. TAMBÉM CONCORDO QUE UMA VEZ LEGALIZADA A MACONHA, CERTAMENTE A CRIMINALIDADE DIMINUIRÁ. EXEMPLOS DISSO JÁ EXISTEM EM ALGUNS PAÍSES DA EUROPA.
MAS O FATO É QUE O BRASIL NÃO ESTA PREPARADO PARA TAL MUDANÇA, A SOCIEDADE QUE HOJE TEMOS, NÃO LIDARÁ COM O USUÁRIO COMO CIDADÃO. É MUITO FORTE A ASSOCIAÇÃO DE VICIADO E BANDIDO, POIS EXISTE O CONCEITO DE QUE DROGA É DROGA, SEM DISTINGUIR UMA DA OUTRA.
É FÁCIL VER COMO ISSO ACONTECE SEM QUE AS PESSOAS PERCEBAM. VEJA BEM; QUANDO AS PESSOAS VEEM UM DEPENDENTE DE COCAÍNA, CRACK, PASTA BASE OU QUALQUER OUTRA DROGA, APONTAM DIZENDO "OLHA LÁ O MACONHEIRO".
ESSE ERRO ABSURDO É COMUM, DEVIDO A FALTA DE INFORMAÇÃO GERADA PELO SISTEMA FALHO QUE PRENDE E NÃO TRATA.
NÃO ESTOU DEFENDENDO O USUÁRIO DE MACONHA PESSOAL, MAS SIM DIZENDO QUE SE ELES NÃO FOSSEM JULGADOS PELA PRÓPRIA SOCIEDADE COMO MARGINAIS, PODERIA TER UMA CHANCE DA DESCRIMINALIZAÇÃO DA MACONHA DAR CERTO NO BRASIL TAMBÉM.
ENTREI NO MUNDO DAS DROGAS USANDO PASTA BASE DE COCAÍNA, SÓ CONHECI A MACONHA DEPOIS DE DOIS ANOS. POR VARIAS VEZES FOI A MACONHA QUE ME AJUDOU A FICAR LONGE DA PASTA BASE. ERA ELA QUE ME TIRAVA A ANGUSTIA E O DESESPERO POR MAIS QUÍMICA. FOI A MACONHA QUE ME DEU APETITE QUANDO NÃO COMIA A DIAS, ME FEZ DORMIR QUANDO QUERIA COMPRAR MAIS DROGAS.
EU CONFESSO; SE TIVESSE CONHECIDO A MACONHA PRIMEIRO TALVEZ NUNCA TIVESSE EXPERIMENTADO OUTRA DROGA E CERTAMENTE FUMARIA ATÉ HOJE.
MAS COMO ESSE NÃO É O CASO E ESSE BLOG NÃO É DE APOLOGIA A MACONHA, VOU CONCLUIR AFIRMANDO QUE; SE REALMENTE FOR FEITA A DESCRIMINALIZAÇÃO DA MACONHA, PRIMEIRO DEVE SER FEITO UM ESTUDO SOBRE OS EFEITOS DE CADA DROGA, LICITA OU NÃO, PARA ESCLARECER A SOCIEDADE DE "O QUE FAZ O QUE". ATÉ QUE POSSAMOS FALAR NATURALMENTE SOBRE ESSE PROBLEMA QUE ATINGE AS FAMÍLIAS E A SOCIEDADE DE UM MODO GERAL.
MAIS UMA VEZ NÃO QUERENDO FAZER APOLOGIA, ATÉ MESMO PORQUE NÃO USO. MAS SE EU TIVESSE QUE ESCOLHER UMA DROGA PARA UM JOVEM HOJE EXPERIMENTAR, SERIA A MACONHA. QUER SABER QUE CRITÉRIO USEI PARA TAL SUGESTÃO? NUNCA SOUBE DE UM MACONHEIRO DE VERDADE QUE DESTRUIU SUA FAMÍLIA PARA SE AFUNDAR ATÉ MORRER COM MACONHA.

ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.

02 outubro 2011

'Quebrando o Tabu', ancorado por FHC, é direto e convincente


Sem os argumentos intangíveis que costumam dominar as discussões sobre descriminalização das drogas, o documentário 'Quebrando o Tabu', ancorado por Fernando Henrique Cardoso e dirigido pelo cineasta Fernando Grostein Andrade, irmão de Luciano Huck, tem linguagem objetiva, argumentos convincentes e retórica muito bem trabalhada. Com a credibilidade de um ex-presidente da República, o documentário foi feito para dialogar de igual para igual com todos os espectros políticos da sociedade, desde o mais libertário até o mais conservador.
Exibido para a imprensa na última segunda (30), o documentário percorre países como Estados Unidos, Holanda, Suíça, Portugal, México, entre outros, na busca de modelos de combate aos entorpecentes, com o objetivo de promover um debate "sério e bem informado sobre o complexo problema das drogas". O filme conta com participações de personalidades ilustres, como os ex-presidentes dos Estados Unidos Bill Clinton e Jimmy Carter, o médico Dráuzio Varella, e o escritor Paulo Coelho. Em suas entrevistas, essas personalidades trazem argumentos incisivos para condenar o uso de força militar contra usuários de drogas e dependentes químicos.
"É difícil você largar de uma droga da qual você é dependente, isso é considerado uma doença, você não pode por na cadeia uma pessoa que está doente. No futuro, nós vamos olhar pra isso e dizer: 'Olha que absurdo que eles faziam no passado, pegavam uma pessoa que usava droga e trancavam na cadeia'", disse o médico Dráuzio Varella, em um dos depoimentos do documentário. A ex-presidente da Suíça Ruth Dreifuss completa: "Quem são os dependentes? Nossas crianças... Pessoas que amamos, pessoas que realmente queremos reabilitar".
No documentário, vários dados foram explorados no sentido de dar substrato à política da não-violência como instrumento de combate às drogas mais nocivas. Os principais exemplos estão na Europa, que abriga países com altos índices de queda na mortalidade, no número de viciados e na transmissão de doenças após terem adotado medidas de regulamentação, e não de repressão.
"Fornecer heroína para um viciado é diferente de dar álcool a um alcoólatra. Quando você já é usuário de heroína há muitos anos, a droga já não faz mais tanto efeito. Você toma basicamente para não se sentir mal. É realmente quando você criminaliza e marginaliza os dependentes que suas vidas são impactadas, muito mais do que apenas pela droga em si", explica Ethan Nadelmann, diretor da 'Drug Policy Alliance', ao citar a 'política de redução de danos' implantada por países europeus. Entrevistados ainda alegaram que fornecer pequenas quantidades da droga ao usuário, sem criminalizá-lo, traz o dependente pra mais perto do Estado, o que facilita o tratamento.
O ex-presidente norte-americano Bill Clinton ressalta, no documentário, que o uso da força militar é inviável para o combate à dependência química. "Pensar nela [na droga] como uma guerra da sociedade é um pouco enganoso, como se houvesse alguma solução militar", afirmou. Por meio de depoimentos, o filme faz duras críticas à "Guerra às Drogas", empreendida pelos Estados Unidos desde a década de 70. 
O longa-metragem, que promete atribular a opinião pública em relação a temas como a legalização da maconha e a descriminalização das drogas, chega aos cinemas na próxima sexta-feira (3). 
            VEJA O TRAILER.







Sinopse
Há 40 anos os EUA levaram o mundo a declarar guerra às drogas, numa cruzada por um mundo livre de drogas. Mas os danos causados por elas nas pessoas e na sociedade só cresceram. Abusos, informações equivocadas, epidemias, violência e fortalecimento de redes criminosas são os resultados da guerra perdida numa escala global.
Num mosaico costurado por Fernando Henrique Cardoso, "Quebrando o Tabu" escuta vozes das realidades mais diversas do mundo em busca de soluções, princípios e conclusões. Bill Clinton, Jimmy Carter e ex-chefes de Estado, como da Colômbia, do México e da Suíça, revelam porque mudaram de opinião sobre um assunto que precisa ser discutido e esclarecido.
Do aprendizado de pessoas comuns, que tiveram suas vidas marcadas pela Guerra às Drogas, até experiências de Drauzio Varella, Paulo Coelho e Gael Garcia Bernal, "Quebrando o Tabu" é um convite a discutir o problema com todas as famílias.
Ficha Técnica
Diretor: Fernando Grostein Andrade Elenco: - depoimentos de Fernando Henrique Cardoso, Bill Clinton, Jimmy Carter, Anthony Papa, Ruth Dreifuss, Paulo Coelho, Drauzio Varela, Ethan Nadelmann Produção: Fernando Menocci, Silvana Tinelli, Luciano Huck Roteiro: Fernando Grostein Andrade, Ilona Szabó, Ricardo Setti, Thomaz Souto Correa, Bruno Módolo, Rodrigo Oliveira, Carolina Kotscho Fotografia: Fernando Grostein Andrade, Rafael Levy Trilha Sonora: Lucas Lima, Ruben Feffer Duração: 74 min. Ano: 2011


FONTE: MTV MEMO.
LINK PARA O FILME: CLIQUE AQUI PARA VER.

RECOMENDO ESTE FILME PARA TODOS. RECOMENDE VOCÊ TAMBÉM.
ATÉ A PRÓXIMA.
FIQUEM COM DEUS.