TORNE-SE MEMBRO E APÓIE ESTE BLOG VOCÊ TAMBÉM !!

09 abril 2010

PLANTEI DROGAS SOZINHO, POR ISSO COLHI EU MESMO.


Se você realmente ama aqueles que lhe compartilham a estrada, auxilie-os a ser livres para encontrarem a si mesmos, tal qual deseja você a independência própria para ser você, em qualquer lugar.
Francisco Candido Xavier
Da obra: Tempo e Nós.
Ditado pelo Espírito André Luiz. IDEAL.



ORIGINALMENTE, O TERMO CO-ALCOÓLATRA FOI DESIGNADO PARA CARACTERIZAR AS MULHERES DE ALCOÓLATRAS, QUE, NA DÉCADA DE 70, PASSARAM A FAZER REUNIÕES PARALELAS ÀS QUE SEUS MARIDOS FREQUENTAVAM NO AA (ALCOÓLICOS ANÔNIMOS). NESSES GRUPOS, ELAS PERCEBERAM POSSUIR UM DENOMINADOR COMUM: TODA A SUA VIDA FAMILIAR GIRAVA EM TORNO DO DEPENDENTE.

A MÃE QUE FAZ O IMPOSSÍVEL PARA O FILHO NÃO SAIR DE CASA
. A ESPOSA QUE PREFERE DEIXAR O MARIDO ALCOÓLATRA BEBER EM CASA A IR AO BAR. O AVÔ QUE PAGA AO TRAFICANTE AS DÍVIDAS DO NETO. SÃO EXEMPLOS GENÉRICOS, MAS CLÁSSICOS, DE COMO A CO-DEPENDÊNCIA (DEPENDER DA DEPENDÊNCIA DO OUTRO EM RELAÇÃO A SI MESMO) ESTÁ TÃO PROFUNDAMENTE ENRAIZADA NO CONVÍVIO SOCIAL E FAMILIAR.
DE ACORDO COM SERGIO NICASTRI, COORDENADOR DO PROGRAMA ÁLCOOL E DROGAS DO HOSPITAL ALBERT EINSTEIN, TEMENDO PERDER O CONTROLE DO SUJEITO SUBORDINADO (VICIADO), O CO-DEPENDENTE CHEGA ATÉ A COMPRAR OU PAGAR O VÍCIO DO DEPENDENTE. "POR ISSO EXISTE A NECESSIDADE DE TRATAR TANTO O USUÁRIO COMO A SUA FAMÍLIA".
SÃO DEPENDÊNCIAS PARALELAS. DA MESMA MANEIRA QUE UM DEPENDENTE DESENVOLVE UMA LIGAÇÃO COM A DROGA QUE NÃO CONSEGUE CONTROLAR, O CO-DEPENDENTE ESTABELECE UMA RELAÇÃO DE SUJEIÇÃO COM O OUTRO QUE NÃO CONSEGUE CONTROLAR, ELE PASSA A VIVER A VIDA EM FUNÇÃO DA ADICÇÃO DO OUTRO.
INCONSCIENTEMENTE, O CO-DEPENDENTE SE TRANSFORMA EM VÍTIMA, DIZENDO "SOU COITADO, MAS VEJA COMO SOU FORTE E O QUE EU TENHO DE SUPORTAR"
"É UM HEROÍSMO E UMA NECESSIDADE DOLORIDA DE AJUDAR OS OUTROS".  OU SEJA: ESSA SERIA DA DROGA DO CO-DEPENDENTE COMO SE O RECONHECIMENTO DE TERCEIROS EM ENXERGAR O SOFRIMENTO ALIMENTASSE A EXTREMA AUTO-PIEDADE DELA.
PRESTE BASTANTE ATENÇÃO NO QUE VAI LER AGORA.
A SUA VIDA LHE PERTENCE. DELA E SOMENTE DELA VOCÊ TERÁ QUE PRESTAR CONTAS. A VIDA ALHEIA NÃO ESTÁ SUJEITA AO SEU JULGAMENTO. OS ERROS DO SEU SEMELHANTE, SOBRE ELE PESARÃO.
COM ISSO DEIXO BEM CLARO QUE A ADICÇÃO DO DEPENDENTE E OS MALES CAUSADOS PELA DOENÇA DEVEM SER ASSUMIDOS POR ELE MESMO. NÃO ESTOU SUGERINDO QUE VIREM AS COSTAS PARA O VICIADO, ATÉ MESMO PORQUE SUA AJUDA É MUITO IMPORTANTE DURANTE A RECUPERAÇÃO DELE, VOU REPETIR; “É IMPORTANTE DURANTE A RECUPERAÇÃO”, POIS NA ATIVA ELE (QUANDO EU ME REFIRO A “ELE”, ESTOU FALANDO DE EU MESMO) A UNICA COISA QUE IMPORTA É SACIAR MEU VÍCIO E PRONTO.
EM QUANTO EU TINHA MEUS CO-DEPENDENTES FAZENDO DE UM TUDO POR MIM E TENTANDO EM VÃO ME CONDUZIR A UMA MELHORA EU APROVEITAVA DA SITUAÇÃO PARA MANIPULÁ LOS , ROUBÁ-LOS E ALIMENTAR CADA VEZ MAIS SUAS POSIÇÕES DE CO-DEPENDENTES SÓ PARA CONTINUAR A USAR DROGAS.
NA MAIORIA DOS CASOS DE TENTATIVA DE RECUPERAÇÃO OS VICIADOS PRIMEIRO SÃO “ABANDONADOS A PRÓPRIA SORTE” E SÓ DEPOIS DE SE ENCONTRAREM SEM NADA E NINGUÉM ACEITAM QUE ESTÃO PRECISANDO DE AJUDA E QUE DEVEM PARAR DE USAR DROGAS, E ACABAM NA MAIORIA DENTRO DE UMA CASA DE RECUPERAÇÃO.
NO MEU CASO, PRIMEIRO  FUI INTERNADO, E QUANDO ABANDONEI O TRATAMENTO, FIQUEI EM UMA CIDADE ESTRANHA SEM AJUDA FINANCEIRA, DORMINDO EM PORTAS DE IGREJAS E TENDO QUE PASSAR FOME. A UNICA AJUDA QUE TIVE FORAM AS PALAVRAS DE CONFIANÇA E FORÇA QUE RECEBIA POR TELEFONE DE MINHA MÃE E ESPOSA. ISSO ME BASTOU  PORQUE REALMENTE NÃO QUERIA VOLTAR A USAR DROGAS, MINHA VONTADE DE TER UMA VIDA MELHOR ERA REAL, TER UMA VIDA DIGNA E HONESTA ERA VITAL PARA TER MINHA ESPOSA AO MEU LADO. COLHI DE CABEÇA ERGUIDA O QUE TINHA  PLANTADO PARA MIM. PARA  TODOS QUE PERMITIAM MINHA APROXIMAÇÃO EU DIZIA A VERDADE DO PORQUE ESTAVA NAS RUAS E O QUANTO ARREPENDIDO ESTAVA.
GRAÇAS A DEUS QUE SEMPRE ESTEVE DO MEU LADO, VIREI O JOGO, CONSEGUI TRABALHO, TETO, E O MAIS IMPORTANTE, MINHA PRETINHA COMIGO.
CERTAMENTE SE EU TIVESSE RECEBIDO DINHEIRO DE MEUS PAIS, AJUDA IMEDIATA DA MINHA MULHER HOJE NÃO ESTARIA EM CONDIÇÕES DE DIZER:
QUEM USOU DROGAS FUI EU. QUEM TEVE QUE ARCAR COM AS CONSEQUÊNCIAS SÓ PODIA SER EU.


Se você realmente ama aqueles que lhe compartilham a estrada, auxilie-os a ser livres para encontrarem a si mesmos, tal qual deseja você a independência própria para ser você, em qualquer lugar.
Francisco Candido Xavier
Da obra: Tempo e Nós.
Ditado pelo Espírito André Luiz. IDEAL.



ATÉ A PRÓXIMA. FIQUEM COM DEUS! 

2 comentários:

arlene disse...

parabéns pela força,coragem e determinação!!!!!!!!!bjsssss

Anônimo disse...

To gostando muito de ler seu blog.Esta me ajudando como coodependente, obrigada!